quarta-feira, 27 de abril de 2011

O LIDER DA SEGUNDA DÉCADA

A história da humanidade trouxe no seu bojo o surgimento de diversos personagens que foram marcados com o título de líder. Suas histórias servem hoje como fonte de pesquisa para descobrir nas suas vidas as marcas que iluminem a caminhada dos atuais e futuros lideres. A grande maioria destes personagens marcaram suas épocas com seu destaque pessoal na construção de uma melhor sociedade, de um mundo com melhores condiçoes de vida ou de sobrevivencia
Atualmente vivemos sob a marca da globalização, do lucro, da eficacia, do sucesso, etc. Estuda-se a vida dos grandes homens que lideraram a humanidade nos diversos contextos mundiais para extrair o melhor que estes possuiram e também evitar as ações que impediam o desenvolvimento duma melhor liderança. Neste contexto geral se destacam personagem como Gandhi, Madre Tereza de Calcutá, Desmond Mpilo Tutu, Nelson Mandela. Entre estes e outros lideres que marcam a vida de muitos, algo  comum lhe é peculiar e se pode considerar como uma marca especial de todos: Perder para que outros ganhem. Não coloquei nesta pequena lista,  mas o modelo perfeito desta liderança do serviço se encontra na pessoa de JESUS relatada nos evangelhos
Atualmente o numero de cristãos no mundo beira os dois bilhoes. No Brasil as cifras oscila entre 20 a 40% da população. As marcas que caracteriza este mundo cristianizado e visto na midia que consequentemente tem o seu destaque é o comercio, o lucro finaceiro, tamanho ou de poder. O que os grandes lideres citados mostraram na sua caminhada e que em Jesus é compreendido e vivido de forma completa,  é servir, perder,e o outro é mais importante. Quando isso  é substituido pelo lucro seja financeiro, de poder ou de qualquer outro tipo se perde o conceito real de lideran]a vivenciado pelo Mestre Jesus Cristo.
O final do século XX e a primeira decada do século XXI trouxe o lider que influencia e tem seus seguidores. É a multidão, o sucesso por meio de estrategias de liderança, de marketing, do planejamento estratégico. Mas nesta nova decada, diante das catastrofes, da violencia, problemas sociais, etc. se necessita um novo modelo de liderança, embora antigo. O líder que calça o sapato do outro. As ferramentas ja citadas podem continuar com sua importancia mas não mais para ter o lucro em primeiro lugar. Não mais para o crescimento do meu reino pessoal senão que toda essa ciencia de liderança será para que o outro realize o propósito divino pela qual existe neste mundo e sirva a sua comunidade na busca duma vida em abundancia. É a grandeza do proximo que deve motivar todas as ciencias e ferramentas da liderança e organização. É capacitar para que o outro descubra  aquilo que o salmista indica no salmos 139 `no teu livro todas estas coisas foram escrita`. Ajudar a que outro descubra estas coisas escritas por Deus para sua vida pessoal deve ser objetivo do lider. Liderança nesta decada deve ser, eu perco para que vocè ganhe. O meu sucesso estrà naquilo que o outro desenvolve na sua forma interna de ser, pois descobre seu valor como pessoa, identifica seus valores e cresce como ser humano.
 Este modelo de liderança é o modelo de Jesus. É o modelo de servo. Difere do modelo ainda difundido na igreja dita cristã, pois a mesma não quer perder. A igreja posmoderna tem as suas multidões onde o ser humano se perde no meio da multidao e ao mesmo tempo se isola. A comunidade posmoderna e dita cristã observa seus congeneres como seu concorrente. Por isso a comunidade que alcança  o seu crescimento  númerico, finaceiro ou de poder, se tornarã o modelo para a outra comunidade, pois esta última procurará descobrir a formula desse deslanchar multitudinario mas não  comunitário.
O líder da segunda decada precisa perguntar no estilo de Jesus no  dialogo que teve com o cego de Jericó relatado nos evangelhos, Jesus pergunta: Que vocè quer que eu te faça. O líder da segunda decada precisa oferecer o espaço necessário para que o liderado desenvolva suas capacidades, descubra seu valor pessoal em detrimento do alvos pessoais que o lider tenha. Foi assim que Jesus fez e muitos lideres seguiram o modelo jesuino e que se destaca ha história da humanidade. Eles assim o fizeram e por isso são lembrados ainda hoje. Precisamos avaliar as  lideranças atuais levantando uma pergunta:.O que você está perdendo em beneficio do outro é a pergunta que eu e todo lider me deve fazer nesta nova decada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário